Results for: empat Search Results
Family Filter:
2:47
Adu penalti Persib V Persijap di 32 Besar Copa Dji Sam Soe 2007. Stadion Siliwangi, Selasa 19 Juni 2007. Persib kurang beruntung. Dua dari lima algojo penalti Persib ternyata gagal mengeksekusi dengan sempurna. Sementara empat penendang pertama Persijap dapat menunaikan tugasnya dengan baik. Skor akhir 3-4 untuk kemenangan tamu sekaligus menutup peluang Persib merebut juara CDSSI 2007.
2 Jul 2007
92077
Share Video

5:46
Empat Mata Tukul Arwana
18 Apr 2007
37760
Share Video

4:33
Tukul Arwana Empat Mata
18 Apr 2007
14543
Share Video

2:08
Kuliah ceramah Ustaz Azhar Idrus terbaru Mac 2010 di Masjid Simpang Empat,Chendering, Kuala Terengganu. Kandungan : 1. Hukum bersetubuh/seks dengan isteri pada malam pertama 2. Hukum bersetubuh/seks dengan isteri selepas akad nikah 3. Cengkam kuku najis atau tidak 4. Seorang warak bercakap-cakap dengan tumbuhan dan haiwan
17 Aug 2011
8215
Share Video

6:12
O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982 foi vencido pelo Flamengo.Foi mantido o esdrúxulo sistema do ano anterior, com acesso da Taça de Prata para a Taça de Ouro no mesmo ano. Desta vez, os beneficiados foram o Corinthians, América/RJ, São Paulo/RS e Atlético/PR.Pela primeira vez, a final foi decidida somente no terceiro jogo, com o Flamengo conquistando o seu segundo título brasileiro sobre o Grêmio no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. O Guarani nesse ano conquistou o recorde de média de gols no campeonato brasileiro, com 2,65 gols/partida.O Campeão da Taça de Prata nesse ano foi o Campo grande /RJ .Primeira Fase: 40 clubes organizados em oito grupos com cinco clubes em cada. Jogando em turno e returno, classificando-se os três primeiros colocados de cada grupo; o quarto colocado de cada grupo vai para a repescagem.Repescagem Os clubes que ficaram na quarta colocação de cada grupo da primeira fase são dispostos em quatro pares, enfrentando-se em jogo único; os 4 vencedores classificam-se para a segunda fase.Segunda Fase: Os 24 clubes classificados na primeira fase, mais os 4 classificados na repescagem, mais os 4 primeiros colocados da primeira fase da Taça de Prata são divididos em oito grupos de quatro clubes. Jogando entre si dentro dos grupos, em turno e returno, classificando-se os dois primeiros colocados de cada grupo.Fase Final (com oitavas-de-final, quartas-de-final, semifinais e final): sistema eliminatório, com jogos em ida-e-volta, tendo o clube de melhor campanha o mando de campo no segundo jogo. No caso de empate na soma dos resultados, disputa de pênaltis até que se conheça o vencedor. Exceção: na última etapa (jogos finais), empate na soma dos dois primeiros jogos levaria a um terceiro confronto; se este terminasse empatado, seria campeão o clube com melhor campanha durante todo o campeonato.18 de Abril, 1982 Flamengo 1 1 Grêmio Maracanã, Rio de Janeiro Público: 138.107 Árbitro: José Roberto Wright Zico Gol 89' Tonho Gol 83' Flamengo: Raul; Leandro, Marinho, Figueiredo e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes e Lico (Chiquinho). Técnico: Paulo César Carpeggiani. Grêmio: Leão; Paulo Roberto, Vantuir (Newmar), De León e Paulo César; Batista, Paulo Isidoro e Bonamigo (China); Tarciso, Baltazar e Tonho. Técnico: Ênio Andrade.21 de Abril, 1982 Grêmio 0 0 Flamengo Olímpico, Porto Alegre Público: 74.238 Árbitro: José Roberto WrightGrêmio: Leão; Paulo Roberto, Newmar, De León e Paulo César; Batista, Paulo Isidoro e Vilson Tadei (Odair); Tarciso, Baltazar (Paulinho) e Tonho. Técnico: Ênio Andrade. Flamengo: Flamengo: Raul; Leandro, Marinho, Figueiredo e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes e Lico. Técnico: Paulo César Carpeggiani. 25 de Abril, 1982 Grêmio 0 1 Flamengo Olímpico, Porto Alegre Público: 62.256 Árbitro: Oscar Scolfaro Nunes Gol 10' Grêmio: Leão; Paulo Roberto, Newmar, De León e Paulo César; Batista, Paulo Isidoro e Vilson Tadei (Odair); Renato, Baltazar (Paulinho) e Tonho (Odair). Técnico: Ênio Andrade. Flamengo: Flamengo: Raul; Leandro, (Antunes), Marinho, Figueiredo e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes (Vítor) e Lico. Técnico: Paulo César Carpeggiani.
2 Dec 2008
6531
Share Video

3:20
O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1983 foi novamente vencido pelo Flamengo, que se tornou o terceiro clube brasileiro a conquistar um bi-campeonato (como Palmeiras e Internacional), e o segundo a chegar a três títulos, igualando o feito do Internacional em 1975, 1976 e 1979 No aspecto mais geral, foi mantida a fórmula de disputa dos dois anos anteriores. Mas foi criada uma terceira fase de grupos antes das finais eliminatórias, e mais uma vez alteraram-se os critérios de desempate na fase final. Pelo terceiro ano consecutivo, manteve-se o acesso direto de 4 clubes da 1ª fase da Taça de Prata para a 2ª fase da Taça de Ouro. Desta vez, os beneficiados foram Guarani, Botafogo/SP, Americano e Uberaba. Mudaram também os critérios de inclusão dos clubes no campeonato, que haviam sido bastante rígidos em 1981 e 1982: o Santos, que terminou o ano como vice-campeão brasileiro, participou da Taça de Ouro como convidado, já que fora oitavo no Campeonato Paulista do ano anterior.O campeão da Taça de Prata de 1983 foi o Juventus/SP, e o vice-campeão o CSA/AL.Primeira Fase: 40 clubes organizados em oito grupos com cinco clubes em cada. Jogando em turno e returno, classificando-se os três primeiros colocados de cada grupo; o quarto colocado de cada grupo vai para a repescagem. Repescagem Os clubes que ficaram na quarta colocação de cada grupo da primeira fase são dispostos em quatro pares, enfrentando-se em jogo único; os 4 vencedores classificam-se para a segunda fase. Segunda Fase: Os 24 clubes classificados na primeira fase, mais os 4 classificados na repescagem, mais os 4 primeiros colocados da primeira fase da Taça de Prata, totalizando 32 clubes, são divididos em oito grupos de quatro clubes. Jogando entre si dentro dos grupos, em turno e returno, classificando-se os dois primeiros colocados de cada grupo. Terceira Fase: Os 16 clubes são divididos em 4 grupos, 4 clubes em cada. Jogam em turno único dentro de cada grupo, classificando-se os campeões para a fase final. Fase Final (com quartas-de-final, semifinais e final): sistema eliminatório, com jogos em ida-e-volta, tendo o clube de melhor campanha o mando de campo no segundo jogo. No caso de empate na soma dos resultados, classifica-se o clube de melhor campanha em todo o campeonato. [editar] A Decisão 22 de Maio, 1983 Santos 2 1 Flamengo Morumbi, São Paulo Público: 114.481 Árbitro: José de Assis Aragão Pita Gol 25' Serginho Chulapa Gol 63' Baltazar Gol 67' Santos: Marola; Toninho Oliveira, Márcio, Toninho Carlos e Gilberto; Lino, Paulo Isidoro e Pita; Camargo (Paulinho Batistote), Serginho e João Paulo. Técnico: Formiga. Flamengo: Raul; Leandro, Marinho, Mozer e Júnior; Bigu, Adílio e Zico; Élder, Baltazar e Júlio César (Bebeto). Técnico: Carlos Alberto Torres. 29 de Maio, 1983 Flamengo 3 0 Santos Maracanã, Rio de Janeiro Público: 155.523 Árbitro: Arnaldo Cezar Coelho Zico Gol 1' Leandro Gol 39' Adílio Gol 69' Flamengo: Raul; Leandro, Marinho, Figueiredo e Júnior; Vítor, Adílio e Zico; Élder, Baltazar (Robertinho) e Júlio César (Ademar). Técnico: Carlos Alberto Torres. Santos: Marola; Toninho Oliveira, Joãozinho, Toninho Carlos e Gilberto; Toninho Silva (Serginho Dourado), Paulo Isidoro e Pita; Camargo (Paulinho Batistote), Serginho e João Paulo. Técnico: Formiga.
6 Dec 2008
6540
Share Video

3:15
Luís Fabiano rouba o show, e seleção brasileira dá chocolate em Portugal Atacante do Sevilla ofusca Cristiano Ronaldo e Kaká e vira a estrela do triunfo do time de Dunga em Brasília Foi uma noite fabulosa. Mas nem de Kaká, nem de Cristiano Ronaldo. Quem brilhou na vitória brasileira por 6 a 2 sobre Portugal, nesta quarta-feira, no estádio Bezerrão, no Gama, cidade-satélite de Brasília, foi Luis Fabiano. Ele fez três gols e ainda deu o passe para outro, marcado por Maicon. Elano marcou o quinto e Adriano, que entrara no lugar do herói da noite, garantiu a festa tupiniquim. Danny, de letra, e Simão fizeram os gols dos portugueses. Foi a maior vitória da seleção nos confrontos contra e rival e, pela primeira vez no duelo, um jogador fez três gols em uma só partida. Foi uma das melhores apresentações da seleção de Dunga, que chegou a ser questionado pelos torcedores nos primeiros minutos, mas depois foi aplaudido. Foram nove jogos e nove vitórias. A equipe canarinho Nesses 11 jogos, a equipe marcou 14 gols e sofreu sete. Agora, o Brasil só volta a campo em 10 de fevereiro, no amistoso contra a Itália, em Londres.Antes do jogo, muita festa na reinauguração do estádio Walmir Campello de Bezerra, o Bezerrão. O hino nacional foi cantado por Zezé di Camargo. Pelé deu o pontapé inicial da partida e recebeu um troféu em homenagem ao aniversário do milésimo gol marcado no dia 19 de novembro de 1969, em cima do Vasco. O Rei do Futebol foi ovacionado de pé pelos torcedores. Outras personalidades da política e do esporte, como Romário e o piloto Felipe Massa, desfilavam nos camarotes.Pelé chegou a pedir paciência com o trabalho de Dunga antes da partida. Mas não adiantou. Foi o sistema de som do estádio anunciar as escalações e chegar ao nome do treinador para uma grande vaia começar. O grito de "Adeus Dunga" também não demorou a aparecer. Veio aos quatro minutos quando Danny marcou o primeiro gol de Portugal. Após uma rápida cobrança de escanteio pela esquerda, a bola foi cruzada para a área brasileira. Bruno Alves dominou na segunda trave e chutou cruzado. No meio dos zagueiros, Danny apareceu e tocou de letra para fazer o gol. Julio César só observou. Um golaço. Portugal 1 a 0. O empate veio aos oito minutos. Linda jogada de Robinho pela esquerda. Ele roubou a bola, passou por Pepe e tocou para Luis Fabiano. Livre na área, o atacante tocou com categoria na saída do goleiro Quim: 1 a 1, para avílio de Dunga (confira o gol no vídeo ao lado). A torcida passou, então, a gritar o nome de Robinho. Terminava o jejum de gols da seleção em casa em 2008 após três jogos (Argentina, Bolívia e Colômbia) sem balançar a rede.Com Anderson no meio-campo, a seleção brasileira jogava melhor, tinha rapidez e mais habilidade na ligação entre a defesa e o ataque. Kaká também era eficiente na armação das jogadas. Aos 14, Robinho quase virou a partida. O atacante entrou na área e chutou colocado no canto esquerdo de Quim. Mas a bola foi para fora por muito, muito pouco.Mas o gol saiu aos 24 minutos. E novamente com Luis Fabiano. Após jogada de Kaká, o atacante dominou na área e girou. O chute não saiu forte, mas entrou no canto esquerdo do goleiro. Aos 26 minutos, Cristiano Ronaldo, pela primeira vez, levou perigo. Ele dominou na entrada da área e chutou rasteiro. O goleiro Julio César caiu no canto direito para defender firme. O atacante, que deve ganhar o prêmio de melhor do mundo concedido pela Fifa, não fez um bom primeiro tempo: duas jogadas de efeito, entre elas uma bola entre as pernas de Robinho, mas foi pouco objetivo. O Brasil ainda quase ampliou no fim do primeiro tempo. Robinho deixou Kaká na cara do gol. Mas o meia chutou por cima do travessão na saída do goleiro Quim. - O importante é que a seleção teve um poder de reação muito grande no primeiro tempo. Saímos atrás, mas corremos e lutamos para virar o placar - disse Luis Fabiano ao deixar o campo. No intervalo da partida, uma homenagem a Felipe Massa. O piloto da Ferrari deu uma volta no gramado ao som do tema da vitória no carro que serve como maca e foi muito aplaudido pelos torcedores. Nos dois telões, imagens de vitórias do brasileira na última temporada de Fórmula 1. - É uma honra para mim receber todo esse carinho. Não tenho como agradecer. Vou lutar muito para ser campeão no ano que vem - disse o piloto. A seleção voltou sem mudanças para o segundo tempo. Nani, que entrou no lugar de Danny, chutou de fora da área logo aos três minutos. Julio César defendeu firme. Aos seis minutos, a torcida começou a gritar olé numa seqüência de toques da seleção brasileira. Parecia adivinhar que o terceiro estava por vir. Após uma linda troca de passes, Luis Fabiano tocou para Maicon, que apareceu pela direita e chutou forte, surpreendendo o goleiro Quim: Brasil 3 a 1
9 Dec 2008
5293
Share Video

5:40
Aris Ariwatan - 1, 2, 3, 4 Thanks for watching Satu... kasih yg abadi Tiada tandingi dia yang satu Dua... sayang berpanjangan Membawa ke syurga kasihnya ibu Tiga... lapar dan dahaga Rela berpayahan setianya ayah Empat... mudah kau ketemu Berhati selalu beza antara Kasih dan kekasih Satu... kasih yg abadi Tiada tandingi dia yang satu Dua... sayang berpanjangan Membawa ke syurga kasihnya ibu Tiga... lapar dan dahaga Rela berpayahan setianya ayah Empat... mudah kau ketemu Berhati selalu beza antara Kasih dan kekasih Ibu kuingat dahulu Menyisir rambut ku kemas selalu Ayah menghantar ke sekolah Bergunalah ilmu bila dewasa Sayang dengar lagu ini Untuk kau sandarkan buat pedoman Jangan manis terus ditelan Pahit terus dibuang... itu bidalan Harus kau renungkan Andai kau beroleh bahagia Ingat itu bukan Untuk selamanya Andai kau dalam sengsara Ingat itu bukan Untuk selamanya Hidup ini sementara Hidup ini sementara
27 Jul 2012
4109
Share Video

0:36
Yunita, JoJo & AnQ EMPAT MATA - TRANS 7 - 15 Agustus 2007
15 Aug 2007
3849
Share Video

6:44
Yunita, JoJo & AnQ EMPAT MATA - TRANS 7 - 15 Agustus 2007 Z
16 Aug 2007
3393
Share Video

4:09
Yunita, JoJo & AnQ EMPAT MATA - TRANS 7 - 15 Agustus 2007 Part 6
17 Aug 2007
3583
Share Video

0:30
BEBETO Um dos maiores atacantes brasileiros nos anos 80 e 90, José Roberto Gama de Oliveira, o Bebeto, hoje mora no Rio de Janeiro (RJ) e trabalha como empresário. Depois que encerrou a carreira, Bebeto publicou o livro: "Você também pode ser feliz". Nele, o jogador conta um pouco da sua infância e sua história no futebol. Nascido em Salvador (BA), dia 16 de fevereiro de 1964, Bebeto começou a carreira nos infantis do Vitória (BA). Chegou a ser profissionalizado pelo rubro-negro da Boa Terra em 1983, mas no ano seguinte já vestia a camisa do Flamengo.No começo de trabalho na Gávea, Bebeto era apontado como sucessor ideal de Zico, que tinha deixado o Flamengo para defender a Udinese, da Itália. Aos poucos, o franzino jogador mostrava que tinha talento e poderia também fazer sucesso na equipe rubro-negra. Bebeto, na verdade, não era um meia autêntico como o Galinho, mas um atacante hábil e que também sabia fazer gols.Pelo Flamengo, Bebeto foi campeão carioca de 1986 e campeão da Copa União de 1987. Depois de brilhar quatro anos no time de maior torcida do país, Bebeto decidiu mudar de ares. E a saída da Gávea foi bastante polêmica. O atacante trocou o Flamengo pelo Vasco, em 1989.Logo em seu primeiro ano em São Januário, Bebeto foi peça fundamental na conquista do Campeonato Brasileiro de 1989. O time cruz-maltino, que tinha ainda Acácio, Luís Carlos Winck, Marco Aurélio, Célio Silva, Quiñonez, Mazinho, Zé do Carmo, Boiadeiro, Bismarck, William, Sorato, entre outros, bateu o São Paulo na final. Como não estava na melhor forma física, Bebeto ficou apenas na reserva da seleção brasileira de 1990 na Copa da Itália. A dupla de ataque titular do time comandado por Sebastião Lazaroni foi Careca (então do Napoli) e Muller (jogava no Torino).Em 1992, Bebeto deixou o Vasco da Gama para defender o Deportivo La Coruña, da Espanha. Viveu um bom momento no futebol espanhol, embora sua equipe não fosse considerada uma grande força do país. Barcelona, Real Madrid e Atlético Madrid eram os mais badalados. Em 1994, Bebeto teve finalmente a chance de disputar para valer uma Copa do Mundo. Ao lado de Romário, formou uma dupla de ataque que entrou para a história. Com os dois afinados, o Brasil comemorou o tetracampeonato nos Estados Unidos. Na final, o Brasil derrotou a Itália nos pênaltis, depois de ter empatado por 0 a 0 no tempo normal e prorrogação. O curioso é que Bebeto cobraria o quinto pênalti brasileiro naquela decisão, mas não foi necessário porque o italiano Roberto Baggio jogou para fora as chances da Azzurra.Pouco tempo depois de conquistar a Copa do Rei da Espanha pelo Deportivo La Coruña, em 19956, Bebeto retornou ao futebol brasileiro. Foi mais uma vez defender o Flamengo, que no ano anterior tinha investido muito na formação de um grande ataque no papel (Edmundo, Romário e Sávio) e que não tinha dado certo na prática. No Flamengo, Bebeto não conseguiu emplacar como em sua primeira passagem pela Gávea. Deixou o clube ainda no mesmo ano e retornou ao futebol espanhol, onde foi defender o Sevilla. Em 97, já estava de volta ao Brasil, desta vez para defender outro ex-clube: o Vitória.A contratação de Bebeto pelo rubro-negro baiano foi efetuada graças a uma parceria do clube com o banco Excel, o mesmo que na época também patrocinava o Corinthians. O Excel bancou para o Vitória o atacante Bebeto e levou para o Corinthians os meias Fábio Augusto e Fernando Diniz, o atacante Túlio Maravilha, os zagueiros Sangaletti e Antônio Carlos, o lateral-esquerdo André Luiz, entre outros. Com Bebeto, formando dupla com Agnaldo no ataque, o Vitória levantou a taça no Campeonato Baiano e também da Copa do Nordeste de 1997. Bebeto permaneceu no clube baiano também no segundo semestre, embora o Corinthians tenha tido muito interesse em tirá-lo do Barradão. Depois do Vitória, Bebeto defendeu o Botafogo, entre 1998 e 1999. Lá, ele foi campeão do Torneio Rio-São Paulo de 1998. Apesar de não ser o mesmo jogador de 1994, Bebeto também fora convocado para defender a seleção brasileira na Copa de 1998. Não chegou a ser uma grande decepção, mas também esteve longe de jogar um futebol igual ao da Copa dos Estados Unidos. Depois do Glorioso, o atacante defendeu ainda o Toroz Neza, do México (99), o Kashima Antlers, do Japão (2000), Vasco da Gama (2001 e 2002), Al Ittihad, da Arábia (2002), antes de encerrar a carreira de futebol. Seu último jogo oficial foi pelo time árabe contra o Flamengo de Guarulhos (SP), uma partida amistosa. JOGOS DE BEBETO PELO FLA Bebeto realizou 310 partidas com a camisa rubro-negra (170 vitórias, 78 empates e 62 derrotas) e marcou 151 gols (fonte: Almanaque do Flamengo - Clóvis Martins e Roberto Assaf).por Rogério Micheletti
1 Dec 2008
3103
Share Video