Results for: pianista Search Results
Family Filter:
4:08
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
2 Dec 2008
1036
Share Video

4:18
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
2 Dec 2008
3233
Share Video

4:07
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
2 Dec 2008
3526
Share Video

2:26
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
2 Dec 2008
1278
Share Video

3:05
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
2 Dec 2008
1319
Share Video

1:08
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
4 Dec 2008
1808
Share Video

2:40
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
2 Dec 2008
948
Share Video

3:45
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
2 Dec 2008
5535
Share Video

2:59
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
2 Dec 2008
1910
Share Video

3:47
Raridade - O primeiro encontro entre o diplomata Vinicius de Moraes e o jovem - e já afamado - compositor Antonio Carlos Jobim aconteceu em um bar no centro do Rio de Janeiro , em 1956. Desta parceria nasceram belas composições que se tornaram conhecidas em todo o mundo, tais como - Felicidade - Garota de Ipanema - Chega de Saudade, entre tantas outras. Gravado em 18 de outubro de 1978, esse concerto é um registro inédito, raro e único da apresentação destes dois - monstros sagrados - da música brasileira nos estúdios da RTSI televisione svizzera. o show - que tem participação especial de Toquinho e Miúcha - reúne grandes sucessos da dupla Vinícius & Jobim, além da parceria destes com outro autores, entre eles Chico Buarque e Caetano Veloso, No repertório canções como: Tarde em Itapuã, Desafinado, wave, águas de março, samba do avião, o que será e muito mais. Além do próprio Jobim ao piano e de Toquinho no violão,os músicos Azeitona - baixo - Mutinho - bateria - Roberto Sion - flauta e sax - e Georgina de Moraes - percusão - mostram ao mundo toda a elegância e a beleza da musica brasileira. vai levando samba para vinícius a felicidade água de beber sei lá berimbau consolação canto de ossanha Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento da Bossa Nova. Tom Jobim é um dos nomes que melhor representa a música brasileira na segunda metade do século XX e é praticamente uma unanimidade entre críticos e público em termos de qualidade e sofisticação musical.Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, pintor e ator brasileiro. Compôs inspirado pelos hábitos, costumes e as tradições do povo baiano[1]. Tendo como forte influência a música negra, desenvolveu um estilo pessoal de compor e cantar, demonstrando espontaneidade nos versos, sensualidade e riqueza melódica. Morreu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, em casa, às seis horas da manhã, por conta de insuficiência renal e falência múltipla dos orgãos em consequência de um câncer renal que possuia há 9 anos.[2]. Permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007. Poeta popular, compôs obras como Marina, Modinha para Gabriela, Maracangalha, Saudade de Itapuã, O Dengo que a Nega Tem, Rosa Morena. Filho de Durval Henrique Caymmi e Aurelina Soares Caymmi, era casado com Adelaide Tostes, a cantora Stella Maris. Todos os seus três filhos são também cantores: Dori Caymmi, Danilo Caymmi e Nana Caymmi Marcus Vinicius da Cruz de Melo Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Poeta essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.Antonio Pecci Filho, conhecido como Toquinho, (São Paulo, 6 de julho de 1946) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Ganhou o hipocorístico Toquinho da mãe e já aos quatorze anos começou a ter aulas de violão com Paulinho Nogueira. Estudou harmonia com Edgar Janulo, violão clássico com Isaías Sávio e fez curso de orquestração com Léo Peracchi. Teve aulas e tornou-se amigo de Oscar Castro Neves.Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1937), mais conhecida como Miúcha, é uma cantora e compositora brasileira. Filha do historiador neerlando-brasileiro[1] Sérgio Buarque de Holanda com Maria Amélia Cesário Alvim e irmã do cantor e compositor Chico Buarque e das também cantoras Ana de Hollanda e Cristina Buarque.
2 Dec 2008
2592
Share Video

2:37
Madrid-based Softly Jazz Quartet performing this 1929 jazz standard, written by Harry Brooks with Fats Waller (music) and Andy Razaf (lyrics). Un tema de 1929 que popularizó el excepcional pianista Fats Waller.
9 Nov 2009
719
Share Video

2:17
Le Blue Dolls improvvisano l'esecuzione di una canzone scritta di getto per loro dal Maestro Leo Sanfelici, il mitico pianista di Renzo Arbore...
3 Jan 2009
441
Share Video

2:55
FELIZ CUMPLE NATI!!!100 ANOS -Nathaniel Adams Cole; Montgomery, 17 de marzo de1919 - 2009) Cantante estadounidense. Hijo de un ministro baptista, creció en la ciudad de Chicago, donde estudió piano. Sus primeras grabaciones datan de 1936, aún como pianista de jazz del King Cole Trio, que alcanzó cierta fama en los cuarenta. Su carrera en solitario comienza en 1948, cuando se disuelve la formación. Difícil de ubicar en un estilo concreto, Nat "King" Cole tocó diversos estilos de música y, a raíz de un viaje a Sudamérica en el que recogió diferentes influencias musicales en distintas lenguas, añadió la canción latina a su repertorio. Sus listas de éxitos son enormes, tanto en EE.UU. como en América latina o Europa. Su último éxito fue el más curioso, un "remaster" de la canción Unforgettable a dúo con su hija Nathalie cuando él había ya muerto. Junto al ya citado Unforgettable, Nature boy, Mona Lisa, Quizás, quizás, quizás y Ansiedad forman parte de sus discos más celebrados
11 May 2009
2503
Share Video

7:52
manzano (ud) esecuzione nella splendida Villa Romano a Manzano fraz. Case del trio di Lubiana nell'ambito dell'edizione 2009 di Nei Suoni dei Luoghi.Il gruppo cameristico Trio di Lubiana composto dal violinista Vasilij Melnikov, dal violoncellista Igor Mitrovic e dal pianista Siavush Gadjiev. I tre musicisti, provenienti da diversi ambienti musicali, si sono uniti dieci anni fa con lintento di mettere a frutto le proprie esperienze, conoscenze e fantasia in un progetto di musica dinsieme. Il trio ha al proprio attivo un vasto repertorio Mozart, Beethoven, Brahms, Tchaikovsky che li ha portati ad esibirsi ed affermarsi con grande successo in Slovenia, Croazia, Italia, Germania, Taiwan e in molti altri paesi del mondo.
15 Mar 2011
454
Share Video

6:31
Checa este video en el que un pianista profesional te explicará algunos aspectos sobre armonía y teoría musical. El video está grabado con dos cámaras, para que tu aprendizaje sea más completo. *******www.virtuosso****
9 Jul 2009
696
Share Video

8:48
Canciones y Valses Mexicanos , finales del siglo XIX y principios del XX 10.- Vals Carmen de Juventino Rosas, (1868-1894) Composición de 1893, nacido en Santa Cruz, Guanajuato, quien diría que dicho vals de finales del siglo XIX, escondería un secreto, muchos dicen quizás un amor platónico entre Juventino Rosas y la tamaulipeca Carmelita Romero Rubio, resulta que Porfirio Díaz le pide al maestro Rosas una composición donde el tema primordial era exaltar la belleza de su amada Carmelita, el maestro Juventino en una inspiración total realiza este hermoso vals donde evidencia una pasión que se transmitía en cada nota, y al dársele la oportunidad de presentar su partitura ante la sociedad de la época y al percibir el general Díaz que su mujer se sonrojaba, se dice que se levantó junto con ella del brazo y a rastras salieron de la sala, el maestro Juventino ofendido terminó su ejecución y al quererle finiquitar su pago el Gral. Díaz por su composición, Juventino rechazo el dinero, al pasar el tiempo Carmen recordando la atención que tuvo por su vals, le obsequió un piano de cola como agradecimiento. James Pullés - Piano La historia es un espejo oscuro de la realidad. En "Canciones y valses mexicanos", el barítono Ricardo Delgado, la soprano Olimpia Delgado y el pianista James Pullés han ido tras las huellas de una música que era simple y pura nostalgia de abuelos. Ellos recuperan melodías y ritmos en sus versiones originales, las cantan y las tocan con exquisita sensibilidad y trazan un panorama en el cual la crónica nacional esté presente. El México del Imperio y la Reforma, de los inicios de la Revolución y sus ecos se manifiestan sin más en este material discográfico que nos llena de orgullo por su belleza y calidez. Andrés de Luna Grabación y Edición: Octubre 2007 Fotografías y Diseño del CD: Norma Patiño Tiraje: 1000 ejemplares más sobrantes distribuidos por la UAM Xochimilco, México D.F. PARA MAYORES INFORMES: Universidad Autónoma Metropolitana: 54837320 Ricardo Delgado Herbert: cel. 5529446469
7 Sep 2009
412
Share Video