Results for: soap operas Search Results
Family Filter:
6:14
The suspects in Kim’s disappearance are revealed. Vote for the ending you think is real at www.asthecookiecrumbles.ca.
30 Oct 2008
305
Share Video

3:35
In the season finale of As the Cookie Crumbles, Officer Lucy and Officer Steve reveal the truth about Kim Maxwell’s disappearance, leading to the exciting conclusion...or is it?
7 Nov 2008
203
Share Video

3:16
Confession time! Will Louis forgive him? Would you? Homewrecker Houseboy the melodrama, unfurls the drama in 60 plus sections of desperate houseboys! Funny? Dramatic? Camp? Tragic? Yes! This web-soap will have you rooting, laughing and gasping
12 Nov 2008
810
Share Video

0:30
A Caninha 51 ou Cachaça 51 é uma marca de cachaça brasileira que é líder de vendas do mercado. É produzida pela Companhia Müller de Bebidas desde 1951, razão da origem do nome, na cidade paulista de Pirassununga. É comercializada em Portugal sobre o nome de Cachaça 51. Esta não pode ser comercializada no Brasil. A Caninha 51, cuja produção está com a família Müller desde 1959, é a mais comercializada do País. Responde por 33% das vendas nacionais, que somam 1,3 bilhão de litros e US$ 600 milhões ao ano. A empresa tem duas fábricas: uma em Pirassununga e outra em Recife, destilando 300 milhões de litros de pinga por ano e presente nas prateleiras de 900 mil pontos-de-venda no Brasil.Existem lendas curiosas sobre a origem do nome como: O nome foi dado pelo ano de início da produção da cachaça: 1951. O slogan da marca é Uma boa idéia, e foi uma campanha publicitária muito famosa no Brasil.
25 Nov 2008
1664
Share Video

0:30
História O Beach Park é um complexo turístico distribuído numa área total de 170 mil m², por onde circulam todo ano cerca de 700 mil pessoas.Timeline Localizado em Porto das Dunas, a 16 Km de Fortaleza, o Beach Park nasceu em 1985 de um badalado restaurante na beira da praia. Em 1989 inaugurou seu parque aquático, o primeiro da América Latina, com três toboáguas.No mesmo ano, a área da praia ganha novas atrações com o Portal da Praia, o Museu da Jangada, o Caminho de Garrafas, o Largo do Peixe, a Cascata da Sereia e esculturas. O Restaurante da Praia continuou oferecendo deliciosos pratos e hoje também é palco do Beach Sounds, projeto que traz bandas locais de pop rock. Em 1996, o complexo ganhou um hotel, com a bandeira Caesar Tower, e em 1998 passa a ser Beach Park Suites Resort, com 175 suítes, seguindo o padrão dos melhores hotéis do mundo.No ano de 2000, foi construído o centro de convenções para atender ao ramo acadêmico e de negócios. O Beach Park Convention Center, tem capacidade para até 450 pessoas, distribuídas por quatro salões, sistema de internet, som e imagem, além de serviços de buffet e produção de eventos.Estrutura Hoje, 20 anos depois, o Complexo Beach Park possui uma completa estrutura de turismo e lazer, sendo um dos maiores do país, composto por Praia, Parque Aquático e Resorts, onde, cerca de 700 mil pessoas circulam por ano, para se divertir, descansar, hospedar e fazer negócios, tendo como cenário a beleza natural do litoral cearense.O Beach Park é hoje filiado a importantes órgãos de turismo e lazer, no Brasil e no exterior. Faz parte da WWA - World Waterpark Association; IAAPA - International Association of Amusement Parks and Attractions; ABRASEL - Associação Brasileira de Restaurantes e Empresas de Entretenimento; e ABIH - Associação Brasileira da Indústria Hoteleira.Prêmios Entre os prêmios que o Beach Park já conquistou estão: Qualidade WWA (World Waterpark Association), Industry Leadership WWA, Melhor Parque do País (Jornal O Estado) e Melhor Parque Temático (Revista Viagem e Turismo). Turismo e Desenvolvimento Como um dos principais destinos turísticos do país, o Beach Park também contribui para o desenvolvimento econômico da região, através da geração de emprego e renda, além da divulgação do turismo regional no país e no exterior.
25 Nov 2008
2154
Share Video

0:36
O Rei do Gado foi uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida de 17 de junho de 1996 a 15 de fevereiro de 1997. Escrita por Benedito Ruy Barbosa, com a colaboração de suas filhas Edmara Barbosa e Edilene Barbosa, e dirigida por Luiz Fernando Carvalho, Carlos Araújo, Emílio di Biasi e José Luiz Villamarim. O Rei do Gado teve 130 capítulos na versão internacional exibida em Portugal. A versão original foi ao ar com 209 capítulos. A primeira fase se passa durante a Segunda Guerra Mundial, nos anos 1940. No interior de São Paulo, as famílias Berdinazzi e Mezenga têm uma rixa por causa de terras. Ocorre que os filhos das duas famílias, Giovanna Berdinazzi e Enrico Mezenga, se apaixonam, indo contra a briga de seus pais, Giuseppe e Antonio. Giovanna e Enrico se casam e têm um único filho, o qual recebe o nome de Bruno, em homenagem a um irmão de Giovanna, que morre na guerra e que era muito amigo de Enrico, apesar da inimizade entre as famílias. A segunda fase se passa na época da exibição da novela, em 1996, e mostra Bruno como um bem-sucedido fazendeiro, conhecido pelo apelido de Rei do Gado, por possuir um grande rebanho. Homem de hábitos simples, para quem a riqueza é apenas algo a mais, Bruno vive um casamento infeliz com Léia e tem dois filhos, Marcos e Lia. Ao descobrir a traição de Léia com o motorista Ralf, Bruno se separa dela.Exibida entre 17 de junho de 1996 e 15 de fevereiro de 1997 em 209 capítulos. Curiosamente, a chamada na abertura da novela é feita de maneira diferente: No início, após a revelação do nome de Antônio Fagundes como protagonista, e logo depois Glória Pires -sendo que Glória é a antagonista da trama, e a protagonista Patrícia Pillar aparece creditada depois ela.[1] Benedito Ruy Barbosa levou ao ar, uma trama forte e polêmica, consolidando seu estilo rural característico, mostrado em Pantanal, novela exibida na extinta Rede Manchete, em 1990, e, Renascer, novela exibida pela própria Rede Globo, em 1993. Concluindo sua saga de grandes épicos rurais, O Rei do Gado se tornou um dos maiores sucessos de audiência da década de 90 no horário nobre, registrando uma média geral de 52 pontos no Ibope. É a maior audiência do horário nobre, desde 1996, e até então, não superada, por nenhuma outra. "O Rei do Gado" foi reapresentada na sessão Vale a Pena Ver de Novo, entre 15 de março e 13 de agosto de 1999, em 110 capítulos, as 14h20, repetindo o sucesso de sua exibição original, 3 anos antes, com a satisfatória média de 24 pontos no Ibope.As cenas em que mostram os destroços do avião de Bruno Mezenga, são na verdade os destroços do avião dos inesquecíveis Mamonas Assassinas em um acidente ocorrido no dia 01 de março de 1996, mesmo ano da exibição da novela. O diretor da novela já tinha pensado nisso antes, por isso o avião usado na novela para o personagem Bruno Mezenga é do mesmo modelo do avião dos Mamonas Assassinas. Em uma cidade do Piauí, um senhor foi assassinado só porque chamou o outro de "O Rei do Gado", pois na novela houve o fato do tal rei ser traído pela esposa, com o personagem Ralf, "O Ricardão". Foi a novela mais vista de todos os tempos em Portugal, com 25,6% de audiência média e 75% de participação. Até hoje, nenhuma novela brasileira, ou, muito menos portuguesa, atingiu tal feito. Os personagens de Almir Sater e Sérgio Reis, Pirilampo e Saracura, fizeram tanto sucesso na novela, que o segundo CD da trama foi composto por oito faixas deles, assinadas com o próprio nome dos personagens que também se apresentavam na capa.
8 May 2011
4222
Share Video

4:32
It's getting dark my loves. Homewrecker Houseboy the melodrama, unfurls the drama in 60 plus sections of desperate houseboys! Funny? Dramatic? Camp? Tragic? Yes! This web-soap will have you rooting, laughing and gasping
11 Feb 2010
576
Share Video

0:30
Gisele, dessa vez, é vestida de água em nova campanha criada pela W/Brasil, para apresentar a nova coleção das sandálias Ipanema Gisele Bündchen, da Grendene. A campanha conta com um filme, com versões de 60 e 30 segundos, e três anúncios de mídia impressa em que a modelo aparece coberta de água e apresenta a assinatura da campanha, os novos modelos da sandália e os 4 projetos apoiados pela empresa. E no rodapé da peça, a assinatura da frase Gisele Bündchen e Ipanema apóiam a causa das águas através de diferentes programas de conservação e preservação. A agência criou também pôsteres que serão encartados em revistas.A direção de criação do filme é de Rui Branquinho, com criação do mesmo e de Celso Alfieri. A produção é da Conspiração Filmes, com direção de Andrucha Waddington.Gisele Caroline Bündchen[1] (Horizontina, 20 de julho de 1980)[2] é uma supermodelo brasileira. Foi considerada a garota mais linda do mundo, pela revista Rolling Stone[3], a melhor modelo do mundo por uma premiação da revista Vogue[2] e declarada a modelo mais bem paga do mundo pela Forbes[4]. Sua fortuna pessoal é avaliada em 150 milhões de dólares [5], aparecendo no Guiness Book como a modelo mais rica do mundo
9 Feb 2009
1508
Share Video

3:53
Negócio da China novela das seis no lugar da novela Ciranda de Pedra. A Rede Globo (também conhecida como TV Globo ou simplesmente Globo) é uma rede de televisão brasileira que iniciou suas atividades no dia 26 de abril de 1965, no Rio de Janeiro. Foi fundada e dirigida pelo empresário Roberto Marinho até sua morte, em 2003, quando passou ao controle de seu filho, Roberto Irineu Marinho. Atualmente, a emissora é uma das maiores de toda a América e a terceira maior do mundo, assistida por 80 milhões de pessoas diariamente.[1][2] A empresa faz parte do grupo empresarial Organizações Globo. A matriz da empresa encontra-se no bairro do Jardim Botânico, no Rio de Janeiro. O departamento de notícias está situado no Jardim Botânico, e seus principais estúdios de produção localizam-se no complexo conhecido como Projac, em Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade. Em 2007, a Globo alterou suas operações analógicas com o propósito de construir uma produção televisiva em alta definição para a televisão digital. A Novela Negócio da China foi escrita por Miguel Falabella, então risos garantidos, e contará com a participação dos atores Fábio Assunção e Flávia Alessandra como protagonistas. A história da novela tem como ponto de partida um golpista que, pela internet, desvia dinheiro da máfia chinesa para uma conta na Suíça e grava os dados num pen drive. Perseguido, ele joga o pen drive na bolsa de uma moça que está embarcando para o Brasil.Elas nunca se bicaram, mas a partir do capítulo de hoje Lívia (Grazi Massafera) e Luli Maria (Eliana Rocha) vão se enfrentar para valer em Negócio da China. Preocupada com Heitor (Fábio Assunção), a mocinha da trama das seis da Globo vai até a casa da ex-sogra para ajudá-lo a cuidar de um pequeno ferimento mesmo reticente com a possibilidade de encontrar Luli Maria, que desaprova o relacionamento dos dois. Enquanto prepara um café, Lívia é surpreendida pela dona da casa, que agradece à ex-nora por ter negado o novo pedido de casamento de Heitor, deixando-o livre para achar o verdadeiro amor de sua vida. Magoada com o comentário de Luli, a mocinha vai embora, deixando Heitor sem entender o que aconteceu.Enquanto isso, no núcleo paulista da trama, Evandro (Francisco Cuoco), dono do escritório de advocacia Fontanera, decide nomear Antonella (Fernanda de Freitas) a nova herdeira dos negócios. Como seus dois filhos, Adriano (Herson Capri) e Matilde (Bia Nunnes), não lhe deram netos, o magnata não vê outra saída para encontrar alguém que o substitua na empresa. Recém-formada em direito e filha de Mauro (Oscar Magrini), amigo e sócio de Adriano, Antonella sente-se lisonjeada, mas a escolha não é aprovada por todos. Ex de Adriano, Abigail (Xuxa Lopes) tenta convencer o ex-sogro a rever sua decisão. Louca para reatar o casamento com o bonitão, a perua sugere a Evandro que ainda pode gerar o neto que ele tanto deseja.Dois anos após integrar o elenco de Cobras e Lagartos (Globo), o ator Francisco Cuoco volta às novelas na pele de Evandro Fontanera, um advogado que é dono de uma imensa fortuna e não possui netos -seu principal lamento em Negócio da China. A dedicação da moça levará Fontanera a desejar que ela seja herdeira de seu escritório. Em Julho de 1957, o Presidente da República, Juscelino Kubitschek, aprovou a concessão de TV para a Rádio Globo e, em 30 de Dezembro do mesmo ano, o Conselho Nacional de Telecomunicações publicou um decreto concedendo o canal 4 do Rio de Janeiro à TV Globo Ltda. Sendo assim a TV Globo do Rio de Janeiro foi criada no dia 26 de Abril de 1965.Em 1967, Roberto Marinho assinou um contrato de colaboração entre a Globo e o grupo Time-Life. O acordo parecia ir contra a lei brasileira, na medida em que dava a uma empresa estrangeira interesses em uma empresa nacional de comunicações, recebendo severas críticas, vindas principalmente do grupo Diários Associados, controlado por Assis Chateaubriand, que era dona da TV Tupi, a mais antiga emissora de TV da América Latina. Mas o acordo deu vantagens decisivas a Roberto Marinho. Vantagens da ordem de seis milhões de dólares, enquanto que a melhor emissora do grupo Tupi tinha sido montada com trezentos mil dólares. Foi o embrião para a criação da futura rede de televisão. No entanto, o acordo não foi considerado ilegal, pois previa apenas colaboração tecnológica e financeira, que, dada a polêmica, foi encerrado, e a dívida adimplida ao longo da década de 1970.A Rede Globo especializou-se em fazer telenovelas, que são vendidas atualmente para mais de trinta países. Novelas de inúmeros gêneros: comédias, românticas, atuais e de época, ambientadas no Rio de Janeiro, em São Paulo, no campo, no litoral e em todos os estados brasileiros.
6 Dec 2008
3116
Share Video

0:48
Best known for his role as Neil Winters on The Young and the Restless, Kristoff St. John stops by the shop to get a tat. Tune-in LA Ink Thursday 12/18 10/9c on TLC
17 Dec 2008
902
Share Video

3:03
Happy Holidays! David's taking a little break to do the family thing. Love ya. Keep watching in January!!
20 Dec 2008
283
Share Video

0:25
A Indomada foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo de 17 de fevereiro a 11 de outubro de 1997. Foi escrita por Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares e dirigida por Marcos Paulo e Roberto Naar e foi apresentada em 203 capítulos.Greenville. Cidade do interior de Pernambuco, construída à imagem e semelhança da antiga Inglaterra, devido à influência dos britânicos que, muito tempo antes, ali haviam construído a Estrada de Ferro Great Western. Orgulhosos da sua cidade, que dizem ser "um pedaço da Inglaterra no Brasil", os greenvillenses seguem à risca as tradições britânicas, não abdicando nem do chá das cinco, o five o'clock tea, e chegando a misturar o inglês com o português, sempre com o inconfudível sotaque nordestino. Durante décadas, as fábricas de açúcar e rapadura fizeram daquela região um local deveras abastado. Dentre elas, tinha destaque a Usina Monguaba, propriedade da família mais rica e tradicional de Greenville, os Mendonça e Albuquerque. Tudo começa quando Eulália (Adriana Esteves), a herdeira da Monguaba, se apaixona pelo cortador de cana Zé Leandro (Carlos Alberto Riccelli), com quem vive um intenso romance. Desconfiado, o irmão mais velho de Eulália, Pedro Afonso (Claudio Marzo), temendo as verdadeiras intenções de Zé Leandro, proíbe o namoro, chegando a ameaçar o rapaz de morte. Temendo pela vida do amado, Eulália ajuda-o a fugir, enquanto ele lhe jura regressar um dia para buscá-la. Meses depois, Eulália dá à luz uma filha dele, Lúcia Helena (conhecida apenas como Helena), a quem ensina a esperar pelo pai. Quinze anos depois, um forasteiro de nome Teobaldo Faruk, (José Mayer), filho de pai egípcio (este já falecido) e mãe brasileira, chega à cidade e logo se encanta com Eulália. Todavia, ela ainda espera por Zé Leandro. Por outro lado, Altiva (Eva Wilma), esposa de Pedro Afonso, humilha Teobaldo, afirmando que um forasteiro sem eira nem beira não é digno de se aproximar de uma Mendonça e Albuquerque. Teobaldo jura vingança. Pedro Afonso, viciado em jogo, deve dinheiro a várias pessoas, a quem assinou promissórias. Certo dia, Zé Leandro regressa, disposto a fugir com Eulália e Helena (Leandra Leal) e começar com elas uma nova vida, com uma fortuna em pedras preciosas que conseguiu juntar, ao trabalhar num garimpo. Depois de combinar a fuga, ensina a Helena o valor da terra, o que ela jamais esquecerá. Todavia, o barco em que fogem naufraga e Zé Leandro morre afogado. Eulália morre também, pedindo a Helena que confie em Teobaldo, o qual conseguiu enriquecer. A maquiavélica Altiva consegue convencer Pedro Afonso de que a irmã o odiou e traiu durante quinze anos. Magoado, o marido se recusa a fazer o velório de Eulália em sua casa. Teobaldo descobre e resolve agir: compra todas as promissórias de Pedro Afonso, tornando-se seu único credor e, logo, dono de todos os seus bens. Sabendo-o impossibilitado de pagar a dívida com dinheiro, exige outro tipo de pagamento: o velório de Eulália será na mansão dos Mendonça e Albuquerque e Helena casará com ele. Em troca, Pedro Afonso e a família poderão continuar a morar na mansão e receberão da parte de Teobaldo uma mesada para poderem subsistir. Mantendo a dignidade, Pedro Afonso deixa que seja Helena a decidir e a menina aceita casar com Teobaldo. Este combina com ela mandá-la para Londres até terminar os estudos, só então devendo Helena regressar para casar com o forasteiro, assim acontecendo. Teobaldo conta ter um filho com Helena, para poder juntar o seu sangue ao dos Mendonça e Albuquerque, como forma de completar a sua vingança contra Altiva. Dez anos depois, Helena (já interpretada por Adriana Esteves) regressa e casa com Teobaldo, pedindo a usina (que ele ganhou de Pedro Afonso e está parada há anos) como presente de casamento. A sua idéia é reativá-la para dar valor às suas terras de cana-de-açúcar, cumprindo, assim, os ideais do pai. Todavia, após o casamento com Teobaldo, ela se recusa a consumá-lo, o que o deixa fora de si. O conflito dura a novela inteira e os dois vivem uma história de ódio e amor, que movimenta toda a cidade.Lenda A lenda do Cadeirudo, um homem que saía saltando, de forma aterrorizante e ao mesmo tempo cômica, atrás das mulheres que andavam à noite pela cidade, algo parecido com o bicho-papão. No penúltimo capítulo, descobriu-se que a figura era a beata Lourdes Maria, de Sônia de Paula, que só queria zelar pela lei e bons costumes. Abertura Na abertura da novela, a então modelo estreante Maria Fernanda Cândido, se transformava nos quatros elementos: o fogo, a água, a terra e o ar. Foi umas das aberturas mais criativas e surpreendentes da Rede Globo, em toda a sua história. Vilões: Eva Wilma com seu impagável bordão "Ôxente, my God!", e Ary Fontoura, marcaram época com personagens inesquecíveis. Eles faziam a ardilosa dupla de vilões, Maria Altiva e Deputado Pitágoras.
1 Feb 2009
3111
Share Video

2:05
A Indomada foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo de 17 de fevereiro a 11 de outubro de 1997. Foi escrita por Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares e dirigida por Marcos Paulo e Roberto Naar e foi apresentada em 203 capítulos.Greenville. Cidade do interior de Pernambuco, construída à imagem e semelhança da antiga Inglaterra, devido à influência dos britânicos que, muito tempo antes, ali haviam construído a Estrada de Ferro Great Western. Orgulhosos da sua cidade, que dizem ser "um pedaço da Inglaterra no Brasil", os greenvillenses seguem à risca as tradições britânicas, não abdicando nem do chá das cinco, o five o'clock tea, e chegando a misturar o inglês com o português, sempre com o inconfudível sotaque nordestino. Durante décadas, as fábricas de açúcar e rapadura fizeram daquela região um local deveras abastado. Dentre elas, tinha destaque a Usina Monguaba, propriedade da família mais rica e tradicional de Greenville, os Mendonça e Albuquerque. Tudo começa quando Eulália (Adriana Esteves), a herdeira da Monguaba, se apaixona pelo cortador de cana Zé Leandro (Carlos Alberto Riccelli), com quem vive um intenso romance. Desconfiado, o irmão mais velho de Eulália, Pedro Afonso (Claudio Marzo), temendo as verdadeiras intenções de Zé Leandro, proíbe o namoro, chegando a ameaçar o rapaz de morte. Temendo pela vida do amado, Eulália ajuda-o a fugir, enquanto ele lhe jura regressar um dia para buscá-la. Meses depois, Eulália dá à luz uma filha dele, Lúcia Helena (conhecida apenas como Helena), a quem ensina a esperar pelo pai. Quinze anos depois, um forasteiro de nome Teobaldo Faruk, (José Mayer), filho de pai egípcio (este já falecido) e mãe brasileira, chega à cidade e logo se encanta com Eulália. Todavia, ela ainda espera por Zé Leandro. Por outro lado, Altiva (Eva Wilma), esposa de Pedro Afonso, humilha Teobaldo, afirmando que um forasteiro sem eira nem beira não é digno de se aproximar de uma Mendonça e Albuquerque. Teobaldo jura vingança. Pedro Afonso, viciado em jogo, deve dinheiro a várias pessoas, a quem assinou promissórias. Certo dia, Zé Leandro regressa, disposto a fugir com Eulália e Helena (Leandra Leal) e começar com elas uma nova vida, com uma fortuna em pedras preciosas que conseguiu juntar, ao trabalhar num garimpo. Depois de combinar a fuga, ensina a Helena o valor da terra, o que ela jamais esquecerá. Todavia, o barco em que fogem naufraga e Zé Leandro morre afogado. Eulália morre também, pedindo a Helena que confie em Teobaldo, o qual conseguiu enriquecer. A maquiavélica Altiva consegue convencer Pedro Afonso de que a irmã o odiou e traiu durante quinze anos. Magoado, o marido se recusa a fazer o velório de Eulália em sua casa. Teobaldo descobre e resolve agir: compra todas as promissórias de Pedro Afonso, tornando-se seu único credor e, logo, dono de todos os seus bens. Sabendo-o impossibilitado de pagar a dívida com dinheiro, exige outro tipo de pagamento: o velório de Eulália será na mansão dos Mendonça e Albuquerque e Helena casará com ele. Em troca, Pedro Afonso e a família poderão continuar a morar na mansão e receberão da parte de Teobaldo uma mesada para poderem subsistir. Mantendo a dignidade, Pedro Afonso deixa que seja Helena a decidir e a menina aceita casar com Teobaldo. Este combina com ela mandá-la para Londres até terminar os estudos, só então devendo Helena regressar para casar com o forasteiro, assim acontecendo. Teobaldo conta ter um filho com Helena, para poder juntar o seu sangue ao dos Mendonça e Albuquerque, como forma de completar a sua vingança contra Altiva. Dez anos depois, Helena (já interpretada por Adriana Esteves) regressa e casa com Teobaldo, pedindo a usina (que ele ganhou de Pedro Afonso e está parada há anos) como presente de casamento. A sua idéia é reativá-la para dar valor às suas terras de cana-de-açúcar, cumprindo, assim, os ideais do pai. Todavia, após o casamento com Teobaldo, ela se recusa a consumá-lo, o que o deixa fora de si. O conflito dura a novela inteira e os dois vivem uma história de ódio e amor, que movimenta toda a cidade.Cena Marcante Uma das cenas mais marcantes foi a morte de Maria Altiva (Eva Wilma), no último capítulo, que, depois de desaparecer num incêndio, vira fumaça e sobe pelos ares de Greenville, sob o olhar de toda a cidade, dizendo a seguinte frase: Me Aguardem, eu Voltarei.Destaques Lenda A lenda do Cadeirudo, um homem que saía saltando, de forma aterrorizante e ao mesmo tempo cômica, atrás das mulheres que andavam à noite pela cidade, algo parecido com o bicho-papão. No penúltimo capítulo, descobriu-se que a figura era a beata Lourdes Maria, de Sônia de Paula, que só queria zelar pela lei e bons costumes. Abertura Na abertura da novela, a então modelo estreante Maria Fernanda Cândido, se transformava nos quatros elementos: o fogo, a água, a terra e o ar. Foi umas das aberturas mais criativas e surpreendentes da Rede Globo, em toda a sua história. Vilões Eva Wilma com seu impagável bordão "Ôxente, my God!", e Ary Fontoura, marcaram época com personagens inesquecíveis. Eles faziam a ardilosa dupla de vilões, Maria Altiva e Deputado Pitágoras. Bordões e língua Os bordões de Scarleth Mackenzie Pitiguary , personagem de Luiza Thomé, "Vamos nhanhar?" e da irreverente e autoritária juíza Mirandinha, personagem de Betty Faria, "Pelos rigores da lei". O "portinglês" falado pelos personagens virou moda.
30 Jan 2009
6909
Share Video

6:21
A Indomada foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo de 17 de fevereiro a 11 de outubro de 1997. Foi escrita por Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares e dirigida por Marcos Paulo e Roberto Naar e foi apresentada em 203 capítulos. Greenville. Cidade do interior de Pernambuco, construída à imagem e semelhança da antiga Inglaterra, devido à influência dos britânicos que, muito tempo antes, ali haviam construído a Estrada de Ferro Great Western. Orgulhosos da sua cidade, que dizem ser "um pedaço da Inglaterra no Brasil", os greenvillenses seguem à risca as tradições britânicas, não abdicando nem do chá das cinco, o five o'clock tea, e chegando a misturar o inglês com o português, sempre com o inconfudível sotaque nordestino. Durante décadas, as fábricas de açúcar e rapadura fizeram daquela região um local deveras abastado. Dentre elas, tinha destaque a Usina Monguaba, propriedade da família mais rica e tradicional de Greenville, os Mendonça e Albuquerque. Tudo começa quando Eulália (Adriana Esteves), a herdeira da Monguaba, se apaixona pelo cortador de cana Zé Leandro (Carlos Alberto Riccelli), com quem vive um intenso romance. Desconfiado, o irmão mais velho de Eulália, Pedro Afonso (Claudio Marzo), temendo as verdadeiras intenções de Zé Leandro, proíbe o namoro, chegando a ameaçar o rapaz de morte. Temendo pela vida do amado, Eulália ajuda-o a fugir, enquanto ele lhe jura regressar um dia para buscá-la. Meses depois, Eulália dá à luz uma filha dele, Lúcia Helena (conhecida apenas como Helena), a quem ensina a esperar pelo pai. Quinze anos depois, um forasteiro de nome Teobaldo Faruk, (José Mayer), filho de pai egípcio (este já falecido) e mãe brasileira, chega à cidade e logo se encanta com Eulália. Todavia, ela ainda espera por Zé Leandro. Por outro lado, Altiva (Eva Wilma), esposa de Pedro Afonso, humilha Teobaldo, afirmando que um forasteiro sem eira nem beira não é digno de se aproximar de uma Mendonça e Albuquerque. Teobaldo jura vingança. Pedro Afonso, viciado em jogo, deve dinheiro a várias pessoas, a quem assinou promissórias. Certo dia, Zé Leandro regressa, disposto a fugir com Eulália e Helena (Leandra Leal) e começar com elas uma nova vida, com uma fortuna em pedras preciosas que conseguiu juntar, ao trabalhar num garimpo. Depois de combinar a fuga, ensina a Helena o valor da terra, o que ela jamais esquecerá. Todavia, o barco em que fogem naufraga e Zé Leandro morre afogado. Eulália morre também, pedindo a Helena que confie em Teobaldo, o qual conseguiu enriquecer. A maquiavélica Altiva consegue convencer Pedro Afonso de que a irmã o odiou e traiu durante quinze anos. Magoado, o marido se recusa a fazer o velório de Eulália em sua casa. Teobaldo descobre e resolve agir: compra todas as promissórias de Pedro Afonso, tornando-se seu único credor e, logo, dono de todos os seus bens. Sabendo-o impossibilitado de pagar a dívida com dinheiro, exige outro tipo de pagamento: o velório de Eulália será na mansão dos Mendonça e Albuquerque e Helena casará com ele. Em troca, Pedro Afonso e a família poderão continuar a morar na mansão e receberão da parte de Teobaldo uma mesada para poderem subsistir. Mantendo a dignidade, Pedro Afonso deixa que seja Helena a decidir e a menina aceita casar com Teobaldo. Este combina com ela mandá-la para Londres até terminar os estudos, só então devendo Helena regressar para casar com o forasteiro, assim acontecendo. Teobaldo conta ter um filho com Helena, para poder juntar o seu sangue ao dos Mendonça e Albuquerque, como forma de completar a sua vingança contra Altiva. Dez anos depois, Helena (já interpretada por Adriana Esteves) regressa e casa com Teobaldo, pedindo a usina (que ele ganhou de Pedro Afonso e está parada há anos) como presente de casamento. A sua idéia é reativá-la para dar valor às suas terras de cana-de-açúcar, cumprindo, assim, os ideais do pai. Todavia, após o casamento com Teobaldo, ela se recusa a consumá-lo, o que o deixa fora de si. O conflito dura a novela inteira e os dois vivem uma história de ódio e amor, que movimenta toda a cidade. Uma das cenas mais marcantes foi a morte de Maria Altiva (Eva Wilma), no último capítulo, que, depois de desaparecer num incêndio, vira fumaça e sobe pelos ares de Greenville, sob o olhar de toda a cidade, dizendo a seguinte frase: Me Aguardem, eu Voltarei. Destaques Lenda A lenda do Cadeirudo, um homem que saía saltando, de forma aterrorizante e ao mesmo tempo cômica, atrás das mulheres que andavam à noite pela cidade, algo parecido com o bicho-papão. No penúltimo capítulo, descobriu-se que a figura era a beata Lourdes Maria, de Sônia de Paula, que só queria zelar pela lei e bons costumes. Abertura Na abertura da novela, a então modelo estreante Maria Fernanda Cândido, se transformava nos quatros elementos: o fogo, a água, a terra e o ar. Foi umas das aberturas mais criativas e surpreendentes da Rede Globo, em toda a sua história. Vilões Eva Wilma com seu impagável bordão "Ôxente, my God!", e Ary Fontoura, marcaram época com personagens inesquecíveis. Eles faziam a ardilosa dupla de vilões, Maria Altiva e Deputado Pitágoras. Bordões e língua Os bordões de Scarleth Mackenzie Pitiguary , personagem de Luiza Thomé, "Vamos nhanhar?" e da irreverente e autoritária juíza Mirandinha, personagem de Betty Faria, "Pelos rigores da lei". O "portinglês" falado pelos personagens virou moda.
25 Mar 2009
7803
Share Video

2:42
A Indomada foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo de 17 de fevereiro a 11 de outubro de 1997. Foi escrita por Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares e dirigida por Marcos Paulo e Roberto Naar e foi apresentada em 203 capítulos. Greenville. Cidade do interior de Pernambuco, construída à imagem e semelhança da antiga Inglaterra, devido à influência dos britânicos que, muito tempo antes, ali haviam construído a Estrada de Ferro Great Western. Orgulhosos da sua cidade, que dizem ser "um pedaço da Inglaterra no Brasil", os greenvillenses seguem à risca as tradições britânicas, não abdicando nem do chá das cinco, o five o'clock tea, e chegando a misturar o inglês com o português, sempre com o inconfudível sotaque nordestino. Durante décadas, as fábricas de açúcar e rapadura fizeram daquela região um local deveras abastado. Dentre elas, tinha destaque a Usina Monguaba, propriedade da família mais rica e tradicional de Greenville, os Mendonça e Albuquerque. Tudo começa quando Eulália (Adriana Esteves), a herdeira da Monguaba, se apaixona pelo cortador de cana Zé Leandro (Carlos Alberto Riccelli), com quem vive um intenso romance. Desconfiado, o irmão mais velho de Eulália, Pedro Afonso (Claudio Marzo), temendo as verdadeiras intenções de Zé Leandro, proíbe o namoro, chegando a ameaçar o rapaz de morte. Temendo pela vida do amado, Eulália ajuda-o a fugir, enquanto ele lhe jura regressar um dia para buscá-la. Meses depois, Eulália dá à luz uma filha dele, Lúcia Helena (conhecida apenas como Helena), a quem ensina a esperar pelo pai. Quinze anos depois, um forasteiro de nome Teobaldo Faruk, (José Mayer), filho de pai egípcio (este já falecido) e mãe brasileira, chega à cidade e logo se encanta com Eulália. Todavia, ela ainda espera por Zé Leandro. Por outro lado, Altiva (Eva Wilma), esposa de Pedro Afonso, humilha Teobaldo, afirmando que um forasteiro sem eira nem beira não é digno de se aproximar de uma Mendonça e Albuquerque. Teobaldo jura vingança. Pedro Afonso, viciado em jogo, deve dinheiro a várias pessoas, a quem assinou promissórias. Certo dia, Zé Leandro regressa, disposto a fugir com Eulália e Helena (Leandra Leal) e começar com elas uma nova vida, com uma fortuna em pedras preciosas que conseguiu juntar, ao trabalhar num garimpo. Depois de combinar a fuga, ensina a Helena o valor da terra, o que ela jamais esquecerá. Todavia, o barco em que fogem naufraga e Zé Leandro morre afogado. Eulália morre também, pedindo a Helena que confie em Teobaldo, o qual conseguiu enriquecer. A maquiavélica Altiva consegue convencer Pedro Afonso de que a irmã o odiou e traiu durante quinze anos. Magoado, o marido se recusa a fazer o velório de Eulália em sua casa. Teobaldo descobre e resolve agir: compra todas as promissórias de Pedro Afonso, tornando-se seu único credor e, logo, dono de todos os seus bens. Sabendo-o impossibilitado de pagar a dívida com dinheiro, exige outro tipo de pagamento: o velório de Eulália será na mansão dos Mendonça e Albuquerque e Helena casará com ele. Em troca, Pedro Afonso e a família poderão continuar a morar na mansão e receberão da parte de Teobaldo uma mesada para poderem subsistir. Mantendo a dignidade, Pedro Afonso deixa que seja Helena a decidir e a menina aceita casar com Teobaldo. Este combina com ela mandá-la para Londres até terminar os estudos, só então devendo Helena regressar para casar com o forasteiro, assim acontecendo. Teobaldo conta ter um filho com Helena, para poder juntar o seu sangue ao dos Mendonça e Albuquerque, como forma de completar a sua vingança contra Altiva. Dez anos depois, Helena (já interpretada por Adriana Esteves) regressa e casa com Teobaldo, pedindo a usina (que ele ganhou de Pedro Afonso e está parada há anos) como presente de casamento. A sua idéia é reativá-la para dar valor às suas terras de cana-de-açúcar, cumprindo, assim, os ideais do pai. Todavia, após o casamento com Teobaldo, ela se recusa a consumá-lo, o que o deixa fora de si. O conflito dura a novela inteira e os dois vivem uma história de ódio e amor, que movimenta toda a cidade.Uma das cenas mais marcantes foi a morte de Maria Altiva (Eva Wilma), no último capítulo, que, depois de desaparecer num incêndio, vira fumaça e sobe pelos ares de Greenville, sob o olhar de toda a cidade, dizendo a seguinte frase: Me Aguardem, eu Voltarei. Destaques Lenda A lenda do Cadeirudo, um homem que saía saltando, de forma aterrorizante e ao mesmo tempo cômica, atrás das mulheres que andavam à noite pela cidade, algo parecido com o bicho-papão. No penúltimo capítulo, descobriu-se que a figura era a beata Lourdes Maria, de Sônia de Paula, que só queria zelar pela lei e bons costumes. Abertura Na abertura da novela, a então modelo estreante Maria Fernanda Cândido, se transformava nos quatros elementos: o fogo, a água, a terra e o ar. Foi umas das aberturas mais criativas e surpreendentes da Rede Globo, em toda a sua história. Vilões Eva Wilma com seu impagável bordão "Ôxente, my God!", e Ary Fontoura, marcaram época com personagens inesquecíveis. Eles faziam a ardilosa dupla de vilões, Maria Altiva e Deputado Pitágoras. Bordões e língua. Os bordões de Scarleth Mackenzie Pitiguary , personagem de Luiza Thomé, "Vamos nhanhar?" e da irreverente e autoritária juíza Mirandinha, personagem de Betty Faria, "Pelos rigores da lei". O "portinglês" falado pelos personagens virou moda. Outros destaques Destaque também para Renata Sorrah e Eliane Giardini interpretando as mal faladas Zenilda e Santinha. As atrizes brilharam em personagens bem diferentes de outros que já fizeram, respectivamente a dona do bordel local e a romântica alcoólatra irmã de Altiva.
2 Feb 2009
5971
Share Video

2:36
The first costume day and the girls have an unexpected visitor
22 Jun 2009
531
Share Video