Nadador Gustavo Borges Joga Flores Para a Namorada - 1997 - Jornal Nacional - Rede Globo De TV.

  • Share
    Share Video

  • Add
  • More
    Report this video as:
0 0
You have already voted for this video.
Gustavo França Borges (Ituverava, 2 de dezembro de 1972) é um ex-atleta brasileiro de natação, vencedor da ...
Gustavo França Borges (Ituverava, 2 de dezembro de 1972) é um ex-atleta brasileiro de natação, vencedor da medalha de prata nos 100 metros de livre estilo nas Olimpíadas de 1992 em Barcelona. Ele participou de quatro Jogos Olímpicos desde 1992. Atualmente, Gustavo reside em São Paulo. Ele já morou em Jacksonville e foi estudante na Universidade de Michigan em Ann Arbor, sendo guiado pelo treinador de natação Jon Urbanchek, que também treinou grandes nadadores como Eric Namesnik e Marcel Wouda nos anos 90. Gustavo Borges, considerado um dos principais atletas da história da natação brasileira, foi o porta-bandeira da delegação brasileira na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de 2004 em Atenas.Era como se fosse um peixe. Quando criança, Gustavo França Borges passava o dia inteiro dentro da piscina, construída no fundo do quintal de casa, em Ituverava, a 410 quilômetros de São Paulo. Por mais que os pais, o empresário José Jovino e a professora Diva, chamassem a criança para dentro, não adiantava. Os apelos eram inúteis. A alegria de brincar na água convenceu a família e todos os brinquedos foram de mudança do quarto para o fundo da piscina. "Desde pequeno, as brincadeiras que fazia eram relacionadas à água. Nas festas de aniversário, Gustavo chamava seus pequenos convidados e todos se divertiam na piscina", lembra o pai. Hoje, aos 27 anos, quando o homenzarrão - 2,04 m de altura e 95 quilos - arqueia o corpo na raia e se joga na água, o prazer é igual ao que sentia na infância.Gustavo quase se afogou na praia de Ipanema. Engolido por três ondas consecutivas, levou um baita susto. "Foi o maior sufoco da vida dele. Não tem experiência em nadar em mar", disse a mãe, dona Diva.Recebido pelos americanos como grande promessa da natação mundial, não decepcionou. Ainda não sabia falar corretamente o inglês (o que só aconteceria um ano depois), quando disputou quatro provas do High School Swimming Championship. Não só venceu todas, como estabeleceu um novo recorde mundial das 100 jardas estilo livre. Alguns dias depois, ganhou a medalha de bronze do US Open, superando o recordista mundial dos 100 m livre, Matt Biond, ouro em Seul, em 1988. A consagração veio em 1991 nos Pan-Americanos de Havana quando foi o brasileiro que conseguiu o maior número de medalhas - duas de ouro, duas de prata e uma de bronze. Tornou-se ainda o primeiro brasileiro a reduzir a marca de 50 s na prova dos 100 metros estilo livre. Em 1992, ocupando a quarta posição do ranking mundial, colocou no peito duas medalhas de prata, nos 100 m livre individual e revezamento na Olimpíada de Barcelona. Gustavo passou a treinar com olhos voltados para Atlanta, onde aconteceriam os Jogos de 1996. Quando chegou a Atlanta estava mais rápido e ágil do que nunca. Alcançou o melhor tempo de sua carreira e bateu o recorde sul-americano (49s02 nos 100 m), conquistando a medalha de bronze. Nos 200 m livre levou o prata, ficando apenas 55 milésimos de segundo atrás do neozelandês Danyon Loader. Agora, Gustavo pensa em Sydney, no próximo ano. Na trajetória do peixe, falta ainda o ouro olímpico, motivo suficiente para que não relaxe um dia sequer. "Acordo de madrugada para treinar, seja inverno ou verão. As medalhas provam que vale a pena sofrer."
Categories:
Loading...
Related
Loading...