Corrida De Automóvel Em US 500 De 1996 - Acidente Logo Na Largada.

  • Share
    Share Video

  • Add
  • More
    Report this video as:
0 0
You have already voted for this video.
A U.S.500 (500 Milhas dos Estados Unidos), foi uma prova de automobilismo organizado pela CART entre os ano...
A U.S.500 (500 Milhas dos Estados Unidos), foi uma prova de automobilismo organizado pela CART entre os anos de 1996 a 1999 no Michigan International Speedway. A corrida foi criada para substituir as 500 Milhas de Indianapolis que ficou de fora do calendario da CART apartir de 1996.Tony George, dono do Indianapolis Motor Speedway, rompeu relações com a categoria devido a discordâncias dos dirigentes da CART e criou a IRL (Indy Racing League) na qual passou a organizar a prova que no ano de 1996 não teve participação dos pilotos e equipes da CART. No mesmo dia da tradicional corrida (26 de maio), estava sendo disputada a primeira edição da U.S.500 em Brooklyn.O circuito oval de Michigan estava lotado, resultando na maior média de público do circuito numa prova da CART.A corrida ia começar quando 20 carros se envolveram num acidente obrigando a interrupção da prova e uma nova largada.Jimmy Vasser, o causador da confusão, foi o vencedor daquele ano. Na sua ultima edição, em 1999, o brasileiro Tony Kanaan foi o vencedor derrotando o colombiando Juan Pablo Montoya numa diferença de 0,032 segundos. A Vanderbilt Cup foi à primeira competição de destaque do automobilismo norte-americano. Um evento internacional que foi criado por William Kissam Vanderbilt II em 1904 sendo organizado o primeiro percurso disputado ao redor do condado de Nassau em Long Island, Nova York. O anúncio da corrida causou controvérsia considerável em Nova York. Trouxe uma inundação de ações legais em uma tentativa de parar a corrida e os políticos se aproveitaram da situação, promovendo audiências públicas pra discutir a realização do o evento. Vanderbilt saiu vitorioso e a corrida inaugural foi realizada em um percurso de 30,24 milhas de estradas de terra e rolamento através do condado de Nassau. Vanderbilt instituiu um grande prêmio em dinheiro que com isso, esperava incentivar fabricantes americanos a começar a investir em competições automobilísticas, pois os eventos organizados na Europa já rendiam muitas melhorias tecnológicas para a indústria local. A corrida atraiu os melhores pilotos e seus carros através do Oceano Atlântico, alguns que inclusive tinha competido na Gordon Bennett Cup, que era realizada em continente europeu. Para a corrida inaugural em Long Island estavam inscritos dezessete carros e os jornais convocaram para que o público local fosse acompanhar um carro americano derrotar os poderosos veículos europeus. Porém um Panhard venceu a corrida seguindo por um outro veículo francês, um Darracq, que venceu a prova nos dois anos seguintes batendo os carros fabricados pelos norte-americanos da Stanley Steamer entre outras marcas locais e européias. Controlar a multidão foi um grande problema desde o início e depois que um espectador foi morto durante a prova de 1906, a corrida foi cancelada. Enquanto isso, na França, era realizado o primeiro Grande Prêmio automobilístico em 26 de junho de 1906 promovido pelo Automóvel Clube da França em Sarthe.Um dos concorrentes era o norte-americano Elliot Shepard, filho de Margaret Vanderbilt-Shepard e primo de William Kissam Vanderbilt II. Aprendendo com o seu primo os fatores que levaram ao sucesso o Grande Prêmio francês e a rápida expansão dos Grandes Prêmios em outros países europeus, William Vanderbilt descobriu uma maneira de resolver os problemas de segurança e com isso melhora o comparecimento de público para sua corrida. Contratou uma empreiteira para construir o Long Island Motor Parkway, uma das primeiras parkways pavimentadas do país que não deveriam ser usados somente para as corridas, mas também tendo como objetivo impulsionar o desenvolvimento econômico de Long Island. A construção começou em 1907 da estrada em que deveria arrecadar milhões de dólares com pedágio além de administrar diversas pontes e viadutos nas 48 milhas da estrada. A corrida de 1908 foi realizada na nova estrada e para o delírio da gigantesca multidão, o nova-iorquino George Robertson, de 23 anos, transformou-se no primeiro americano a ganhar a Vanderbilt Cup. A Vanderbilt Cup foi organizada com sucesso até 1911 quando foi acertado em Savannah, Geórgia a realização do Grande Prêmio americano. No ano seguinte a corrida foi levada para o oval de Milwaukee, Wisconsin e as três outras edições foram disputadas na Califórnia - 1914 e 1916 em Santa Mônica, e 1915 em San Francisco. A corrida foi cancelada depois que os Estados Unidos se juntaram aos aliados na Primeira Guerra Mundial em 1917. Muitos dos que participaram da Vanderbilt Cup tomaram-se famosos por vencerem a competição como pilotos e construtores dos automóveis como Louis Chevrolet, Vincenzo Lancia e Ralph De Palma.
Categories:
Related